Feliz ano novo

Um ano termina e outro de inicia.

Muitos planos, metas, sonhos…

Em geral, esses dias são de expectativas.

Trazem à memória ideias e ações não concluídas e impulsionam para uma alavanca que mentalmente nos direciona para o novo, para um futuro tão presente que, quando menos nos dermos conta, já estamos nele.

São muitas as incertezas, de fato.

Como disse ao longo desse último semestre de 2017 em muitas das postagens desse blog, Viver é (im)preciso.

E, com isso, faço um ode à vida, ao Viver apesar das incertezas.

Estou aproveitando um curto tempo de recesso, num lugar tranquilo , que traz calmaria. E, ao vislumbrar o céu, me dei conta do quanto a vida é um vai-e-vem de situações, oportunidades e escolhas.

Não podemos escolher Viver apenas os dias bons. E não é uma mera questão de não poder, mas sim de não conseguir, de estar além do que compete a nós. Os dias ruins vem junto, quando menos esperamos ou mesmo já tendo sido anunciados.

Mas acredito que o importante é compreender que ambos os dias fazem parte do nosso Viver. Diria ainda mais… bom e ruim são relativos, que nem a velha história do copo meio cheio ou meio vazio.

Tudo parte da forma como olhamos para o copo, das coisas que aconteceram ou que estão acontecendo em nossa vida, do que estamos sentindo ou vivendo.

Desejo um ano novo cheio de saúde e de paz.

Grazielle dos Santos Barbosa de Jesus

Psicóloga Cognitivo Comportamental

CRP 05/46825

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s