Navegar é preciso, viver não é, escreveu Fernando Pessoa.

_NAVEgar é preciso._e o viver, também é_ sobreviver.blog

Por muito tempo fiquei pensando nesta citação, que me deparei
quando ainda era muito jovem.

Inicialmente questionava o fato dela falar sobre a não necessidade de
viver, pois tinha compreendido o “ser preciso” com o ser necessário.
Só depois compreendi que se tratava da tal precisão que se exige ao navegar.

E quantas imprecisões temos em nossa vida.

Em geral, lutamos por ter um controle total da nossa vida e
acabamos nos frustrando por conta das muitas imperfeições que se
apresentam. Como lidar com elas?

Um exercício que poderia propor seria o de contornar sua mão numa folha de papel e pensar sobre o seguinte:

O que você pode controlar e o que está fora do seu controle?

Coloque o que você pensa controlar dentro de sua mão e o que está fora do seu controle no restante da folha.

Acredito que esta reflexão é bastante válida para que possamos perceber o quanto falsas expectativas pessoais podem estar gerando sofrimento desnecessário em nossas vidas.

Deixem seus comentários sobre a(s) maneira(s) como vocês
lidam com as imprecisões da vida.

Falarei mais sobre esta temática
nos posts futuros.

graziGrazielle dos Santos Barbosa de Jesus

Psicóloga Cognitivo Comportamental – CRP 05/46825

Psicóloga, Professora, Apaixonada pela vida

e pelas práticas que possibilitem a qualidade no viver.

Anúncios